quarta-feira, 8 de agosto de 2012

CERTAS PALAVRAS MACHUCAM...


Certas palavras machucam como espinhos que fincam no peito e deixam marcas. Tais palavras incertas rasgam por dentro e ferem por fora, e te ferem tão profundo quanto um corte e faz uma cicatriz invisível  e permanente,  e que constantemente será lembrada, mas serve para evitar novos erros e espalhar mais dessas cicatrizes pela sua alma. 

Certas palavras machucam e não se vê o quanto você chora por dentro. Palavras de tão incertas, escapam às vezes. Machucam depois de serem ditas. Mal-ditas.
Nem sempre são ditas com verdade, são pronunciadas por causa da dor, da raiva, do medo, do momento… E se soubessem a dor que causam, antes nunca seriam ditas. 

Certas palavras carregam consigo uma força enorme, as vezes não pelo peso de sí mesmas, mas pelo valor que atribuímos a quem diz tais palavras... A força com que elas são proferidas deixam marcas, e dói. A palavra que fere e dói, ditas no calor de mágoas ou discussões penetram como flecha envenenada. 

Certas palavras incertas nos causam choro e magoam. 
Acho que é porque ficam a ressoar em nossa mente como um eco, e
 os ecos as vezes tomam dimensões que não podemos controlar e seu ressoar pode persistir por muito tempo.

Certas palavras machucam como pedras e o mais interessante é que independe do tamanho da pedra para o tamanho do machucado que  fará. Depende do que “ela” (pedra) representa para cada um de nós, o quão forte a palavra nos atingiu e quem foi que nos atirou tais palavras. 

Certas palavras incertas rasgam por dentro e ferem por fora. E diante de tantas incertezas, todas as desculpas que damos a nós mesmos, não fazem qualquer sentido!
Todas as pessoas são sem dúvida a sombra da indecisão. E sempre sobrará um porquê.

Certas palavras machucam-me e não sei como agir quando elas me ferem, então silencío. 
É porque sei que não se pode combater um incêndio causando outro. Tentar ignorar as marcas é amar, isso amenizará a dor, mas sei que os sinais estarão sempre lá. 

Certas palavras de pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar o caminho mesmo com nosso coração machucado. 
Às vezes nos falta esperança. Às vezes nos machuca tão profundamente, que só vamos nos recuperando muito lentamente. Mas então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar…



Tão importante quanto as palavras que são proferidas são as atitudes que as testeficam, ou as invalidam. Às vezes as palavras que nos machucaram foram ditas por pessoas que nos amam e nos querem tanto bem, e mostraram isso não em palavras, mas em atitudes.
E é por elas que desejamos ficar e não partir. É por elas que superamos e não sucumbimos. 

Perdoar nem sempre significa que você está errado e a outra pessoa certa... Às vezes, significa apenas que o valor que você atribui a esse alguém é infinitamente mais importante do que o seu orgulho.
E isso nada tem a ver com o outro e sim com você mesmo...

7 comentários:

  1. Nossa muito profundo, e me ajudou bastante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitoo mesmo Senti na pele mesmo

      Excluir
  2. é tão ruim vc fala uma palavra se querer machucar a pessoa, e depois a pessoa dizer que sua boca é de praga isso me machucou muito, meuu coração ta muito ferido....

    ass: Gabriela !!!

    ResponderExcluir