quinta-feira, 24 de outubro de 2013

O SILÊNCIO TEM MUITO A DIZER




As vezes é preciso saber se retirar, ficar em silêncio e esperar...
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente passem
É preciso ficar em silêncio até que o silêncio toque o coração.
Até porque as palavras a serem ditas podem sair sem direção

É no silêncio que as coisas tomam forma
Criam corpo e se sustentam
Existe no silêncio a mais profunda sabedoria
Que as vezes se transforma na mais perfeita resposta
Quando ao silenciar soubermos ouvir tudo que é dito através do não dito...

Em meio a tantas as coisas
por falar, ou silenciar a voz

Por fechar os olhos, ou abri-los para aquilo que não consigo ver
Por andar, ou me manter no mesmo lugar
Ignoro o que desejo... e prossigo a caminhar

Em direção ao nada, ou em busca de tanto a conquistar
Grito em meus pensamentos, e deixo as palavras silenciar...

4 comentários:

  1. De quem é esse poema? Pois quero postar no face e creditar o autor!

    ResponderExcluir
  2. A autoria é minha, fique a vontade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! que legal! Obrigado! Eu me identifiquei bastante com este poema, você escreveu um forma que eu gostaria de expressar por palavras. Eu acredito que a mensagem deste poema ajuda muito aqueles que levam a vida velozmente e não param para ponderar....no meu caso eu já pondero excessivamente e sou criticado e sofro por isso, não é que seja uma absoluta passividade, parece, inclusive está longe disto. O passivo é só o externo...mas as vezes dentro da gente está ocorrendo revoluções, e como você diz: "Grito em meus pensamentos, e deixo as palavras silenciar..." Parabéns!

      Excluir
  3. Obrigada, fico feliz de brincar com as palavrade e de alguma forma elas tocarem alguém.

    ResponderExcluir